04 dezembro, 2008

Amsterdam

Abril 6, 2007
Se minha Santa Vózinha (que Deus a tenha) visitasse Amsterdam ela diria: “Valha-me Deus que o mundo tá mermo perto de se acabá!”…
Porque?
Os tiozinhos seguem pelas ruelas de bracos dados com suas tiazinhas apreciando as siliconadas que posam nas vitrines… e se tu gostar? Bate na porta, entra, fecha as cortinas, faz o que tem que fazer… e sai… com um sorrisinho no canto da boca pra todo mundo saber o que tu fez!
As vovózinhas e os vovôzinhos entram de mäos dadas num coffe shop, onde se encontra de tudo, menos o café! e se tu quiser? Vai no balcäo e compra, horas! Ai tu “acende, puxa, prende e passa”… e sai… com os olhinhos vermelhos e um sorrisinho até a orelha pra todo mundo saber o que tu fez!
E as mamäes e os papais no domingo de sol? Väo pro mercado de flores e escolhem as melhores sementes e os melhores cogumelos pra plantar no jardim… que maravilha é a natureza!
Amsterdam é assim: puteiro é atracäo turística, cogumelo é culinária local, peito de silicone é bóia, e pau de borracha é brinquedo.
Pois é… só faltou o Rock and Roll.

Nenhum comentário:

Postar um comentário