06 dezembro, 2008

oslo, 29 de agosto de 2008: dag 1

Setembro 11, 2008
é a primeira vez que tenho um diário de viagem. quase sempre vou, e deixo pra lembrar das coisas quando eu chego. mas depois dá uma preguica… e até a coragem chegar eu já esqueci o que eu queria escrever… e näo escrevo. mas daí que dessa vez meu bloquinho vermelho guardou as idéias randômicas… agora aguenta!
. münster –> bremen –> torp –> oslo
. dá um zoom no mapa da noruega… parece uma pedra gigante cheia de furinhos boiando no mar. olhando de cima… assim voando… ainda parece uma pedra gigante cheia de furinhos boiando no mar… mas se desintegrando. um dia ela some e ninguém vai nem ver!
. adoro tirar férias… adoooro olhar pra baixo da janela do aviäo. me deixe na janelinha que eu passo a viagem quase inteira feliz. mas eu disse quase. eu odeio aterrisar. näo exatamente a aterrisagem… mas quando o aviäo comeca a perder altitude, sabe? uma vez eu tava voando sozinha e achei que ia morrer. sério. todo mundo sente, quando muito, o ouvido tapado… o meu dói. minha cabeca inteira dói. muito. nessa vez, quando eu achei que ia morrer, a minha garrafinha d’água tinha se comprido toda por causa da pressäo… imagina minha cabeca por dentro! dessa vez, chegando na noruega, näo tinha garrafinha d’água… mas tinham mil agulhas entrando nos meus olhos e na minha testa. é só comigo? eu sou normal?
. observacäo sobre o céu norueguês: deus pendurou nuvens roxas de plástico aqui. medo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário