06 dezembro, 2008

saudade

Julho 4, 2008
sonhei que estava no brasil. säo sonhos recorrentes esses…
as ladeiras de olinda no carnaval. molhar os pés na água do mar. costurar fantasias. reencontrar meus amigos. chegar de surpresa e assustar a família…
as vezes também sonho de olhos abertos. as vezes é quase sempre…
sururu, chambaril, acarajé… o menu do mês inteiro. sair do aeroporto e seguir direto pra boa viagem, tomar uma água de côco e molhar os pés no mar. reencontrar meus amores exatamente no mesmo bar em que me despedi. sair do portäo de desembarque em prantos, de alegria, diga-se de passagem. as fantasias de carnaval (uma pra cada dia). o por do sol no alto da torre de malakoff. tomar sol no laguinho, ou na beira do mar. jogar conversa fora em português bem errado. comer brigadeiro e assistir, sei lá, domingäo do faustäo?! e abracos apertados?! ah! posso até sentir cada um deles.
o sonho… é quando a alma passeia.
e a “saudade… é nossa alma falando pra onde ela quer voltar”…

Nenhum comentário:

Postar um comentário