19 fevereiro, 2009

brasileiros no exterior

a) o vôo é frankfurt-recife. a cidadã puxa conversa na fila: "oi, tu és de recife?". pergunta mais uma ou duas coisinhas, até perceber que você mora mesmo por lá pela deutschlândia. dois minutos depois, antes mesmo de perguntar seu nome: "e tu vai casar?". se foder pra conseguir um visto de estudante pra que, se você pode sentar na praia e em duas semanas dar o golpe do casório?
.
b) dentro do ônibus que te leva do terminal para o avião. frio lá fora, portas fechadas. bebê com roupas demais chorando. a mãe, uma brasileira phyna, BERRA do fundo do ônibus para o motorista. uma, duas, três vezes. sem nenhum "por favor" no meio de qualquer uma das três frases. educação pra que, né?
.
c) cidadão mal entra no avião. senta no braço da cadeira e dispara em alto (bem alto) e bom som: "vamo agitá, galera. botá um forrozim e um samba aê! ... ah... esse povo tá tudo querendo dormir. tão pensando que vão dormir, é? vou deixá ninguém dormir, não...". e batuca na cadeira. horas depois, durante uma forte turbulência. alguns passageiros temerosos e o nosso hellcifence: "seguuuuura peão!". pra terminar, o avião pousa e nosso amigo, junto com metade da tripulação, aplaudem o pouso. cafuçu define.
.
moral da história: corrão!

4 comentários:

  1. depois dessa traz a camiseta "orgulho de ser brasileiro" pra desfilar.
    e pra mim, um queijo coalho bem salgado.

    ResponderExcluir
  2. Noooossa... Ja vi demais isso! Aqui eles adoram ficarfalando ml de todo mundo bem alto, sem se ligar que metade de Vancouver tá entendendo...

    ResponderExcluir
  3. hellcifense! ahahhaa

    hell de janeiro..

    eh tudo um hell no final.


    vc fez sua nova tattoo? :)

    ResponderExcluir