31 julho, 2009

dessa vez, vai!

porque Osnabrück é ali do lado, a "passagi" é de graca, o ticket tá baratinho, e eu näo vou fazer questäo de companhia!



dessa vez eu vou!

21 julho, 2009

... é lava que cobre tudo

ele trouxe flores. ela nunca quis flores. ele saiu a noite. ela quis que ele ficasse. mas ele nunca entende, pois nunca viu a solidäo. mas ela nunca explica, pois sabe que há coisas que näo se pede. ele deve viver a vida dele. ela vai morrendo na vida dela.

15 julho, 2009

abaixa!!!

pra relembrar os (bons e velhos) tempos NonStopanos de um jeito mais levinho:



tem a versäo em estudio aqui.

01 julho, 2009

oh god!

lembro de uma conversa de msn há anos atrás quando eu e um amigo falávamos sobre deus. ele ateu e eu com o "meu" deus.

eu nunca fui de acreditar em absurdo. por isso pra mim esse negócio de costela de adäo tem o mesmo peso de um mito grego ou uma lenda indígena. eu acredito em darwin, em einstein, e em qualquer um que prove qualquer coisa com moléculas, fórmulas e quarks. e sempre foi assim... até mesmo com deus. eu sempre quis que deus existisse... e por isso pra mim ele tinha que ser A+B... tinha que ser molécula, borboleta, elétron, quark... e a energia que existe dentro e dentre essas coisas.

meu amigo riu e disse que eu pensava que nem um ateu. e eu ri da risada dele. eu... ateísta?

mas agora que os prótons, as pedras, e as moléculas säo só prótons, pedras e moléculas, eu näo rio mais.

em nome de darwin, de einstein, e de newton, amém.