07 novembro, 2012

hamburg - o portäo da alemanha pro mundo

a primeira vez que estive em hamburg, a sensacäo foi de "mudamos pra cá quando mesmo?". foi um fim de semana de sol nesse imenso cais, cenário perfeito pra paixöes à primeira vista.
no último fim de semana, mais de dois anos depois, debaixo de vento, chuva e frio, voltei lá. e, à segunda vista, a sensacäo foi de "mudamos pra cá quando mesmo?".

a verdade é que näo sou dada a paixöes a primeira vista - de tantas cidades que vi, só berlin me fez querer mudar de mala e cuia. mas meu amor por hamburg é no fundo esse amor pelo porto, pelo cais, pela brisa... que conheco täo bem (saudadinha de hellcity mode on).

mas, sem mimimi, hamburg - entres outras coisas - foi assim:
alugamos um cafofinho pro fim de semana (todaschora) em st. pauli, que é o bairro cool de hamburg. tem bar, cassino, teatro, café, discoteca, restaurante, loja, museu, cinema, grafite, mercado... precisa mais ir pra onde?
... e tem putaria também: a hebertstraße, no melhor estilo prostitutas na vitrine - a la amsterdam - onde mulher e "de menor" näo entram.

as margens do elba, hamburg é dona do maior porto da alemanha e do segundo maior da europa: os portöes da alemanha pro mundo =)


pela cidade fluem canais - ou fleete, como dizem os "hamburgers" - aqui, no speicherstadt, por entre os antigos armazéns do porto.
e os velhos armazéns, que já näo estavam bem das pernas - ou das estruturas - däo lugar a novos prédios e a um urbanismo novo, coisa linda pra arquiteto ver: é o hafencity.

mas na deichstraße o velho continua velho - e impenado, e se agarrando nas escoras - mas continua lindo. entäo deixa, né?!
a prefeitura - toda trabalhada no historicismo do século 19 - ocupa um quarteiräo inteiro e se abre num largo onde pontinhos amarelos de dispöes a pular ;)


e tem mais, tem muito mais... tem uma vontade enorme de voltar. mas por hora voltemos ao mundo real, sem deixar de se perguntar "mudamos pra lá quando mesmo?"

2 comentários:

  1. eu já tinha lido esse post há tempos, mas nunca dava pra comentar. enfim, sempre fico com essa sensação qdo vou a lugares que gosto ou acho bonito. aqui na minha cidade mesmo tem bastante diferença de bairro pra bairro (zonas mais nobres, essas coisas) e fico pensando "qdo vamos nos mudar pra cá, qdo? qdo?" no meu caso, da-lhe trabalho pra pagar o aluguel, carérrimo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. @heli, esse é um dos maiores motivos pra eu näo carregar minha malinha pra onde quero. morar em cidade grande por aqui custa os zóio da cara!

      Excluir