28 maio, 2013

alemanha, um país sem paquera (ou quase isso)



um dos motivos pra amar esse país é que os alemäes näo flertam. você näo vai ouvir nenhum "gostosa" se passar na frente de uma obra com trabalhadores teutöes. pode ir pra naitxe com as amigas sem medo, pois näo vai ter nenhum mané pegando seu cabelo. e näo há motivo pra receio se for pegar um solzinho de biquini (ou de topless... ou pelada mesmo) no parque, näo vai ter ninguém achando que o clima é de paquera e azaraçäo e ficar rondando como mosca em cima de você. alemäes näo flertam.

o problema é que na alemanha näo tem só alemäes: tem turco, brasileiro, marroquino, cabo-verdense, congolês, árabe, namibiano... e, aproveitando-se da falta de marcaçäo de território por parte dos alemäes, essa galera taí... tocando terror.

e a perspicácia internacional é tanta que o clima de paquera näo se restringe ao barzinho, à praia (ou seus substitutos), ou à balada... a galera taí jogando caô em plena segunda-feira de manhä numa loja de móveis, näo sabendo distinguir entre ser legal e dar mole, e falando coisas do tipo "eu acho que te conheço de algum lugar". (true story, galero).

minha gente, em que parte do mundo isso pode? e depois ninguém sabe porque eu desfilo essa cara de chata por aí.

5 comentários:

  1. Né? Desnecessário isso!
    também desfilo com cara de chata e se bobear, evito cruzar olhares mesmo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. e quando eu tento ser simpática só me arrependo...

      Excluir
  2. Ahahahah! Tá parecendo Dubahia…
    Que boshta! :/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. e dubahia é assim que nem brasil, é? =/

      Excluir
  3. Risos pior q é assim mesmo, eu demorei pra me acostumar....mas na balada q eu ia (Joivell) rolava sim azaração, mas so na balada rs

    ResponderExcluir