03 julho, 2014

recomeçando

entreguei as chaves e fechei a porta pela última vez. pedalei pra casa e a sensaçäo era de liberdade. passei a sexta a noite comigo e uma garrafa de vinho e chocolates e hart of dixie, minha série mulherzinha-besta. no sábado subi na balança, comecei uma dieta. no domingo estranhei a leveza: näo há mais porque temer a segunda-feira.

foto via pinterest
é o começo de um capítulo novo. a primeira página continua em branco. mas branco näo cheira mais a "angústia-por-näo-saber". branco é possibilidade.

8 comentários:

  1. que delícia essa fase! aproveita, se desestressa e cuida de ti que o resto é automático =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. tenho a sorte de poder aproveitar mesmo, karla. é bom ter tempo pra gente, né? cotanto que näo seja tempo demais...

      Excluir
  2. Adoroooo essa pagina em branco! tantas possibilidades!!!
    to fazendo igual!
    xero

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. tais mesmo é, lavis? que bom, né?!
      boa sorte com as possibilidades!

      Excluir
  3. amoor, que coragem. que invejinha. feliz por vc! curte. e bola pra frente! bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. mas quando a gente chega no limite, nem é coragem, heli. é amor próprio. a vida é muito curta pra passar tanto tempo fazendo o que a gente näo gosta!

      Excluir
  4. A vida é muito curta mesmo pra se passar a maior parte dos dias fazendo algo que a gente não gosta. Boa sorte na nova fase :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é sim, meiri. mas as vezes saber o que a gente gosta mesmo é uma arte... ;)

      Excluir