20 outubro, 2014

a saga da carteira

nossa história começa em recife, treze anos atrás, em 2001 quando ao fazer 18 anos eu respondi "cachorro" à pergunta da minha tia querida que quis saber o que me dar de presente de maioridade: carteira de motorista ou cachorro.

luna, mamäe te ama
2009, oito anos depois, já na alemanha, eu decidi tomar vergonha na cara e tirar minha carteira de motorista. como tudo em euro é mais caro, achei que era uma boa idéia fazer isso no brasil. e vinte aulas depois fiz a prova de direçäo e, ó, em quinze minutos eu tinha minha carteira.

auto-escola em recife. quase assim
voltei pra alemanha no outro dia, com uma carteira de motorista, MAS sem saber dirigir... porque né!? ter aulas de direçäo num ESTACIONAMENTO e fazer a prova no PÀTIO do detran-pe, apenas me deixaram mega insegura... no trânsito. resultado: näo peguei mais no carro.

minha relaçäo com o volalnte
aí ano passado, no meio da minha crise pré-trinta, eu decidi tomar vergonha na cara e aprender a dirigir. com minha carteira internacional já sem validade, resolvi converter a carteira brasileira, numa alemä. e o que deveria ser simples, rápido e barato - já que com uma carteira válida em mäos eu só precisaria, teoricamente, fazer as provas - se transformou num longo calvário. porque ó: recife näo me ensinou a dirigir; recife me deixou com trauma de trânsito; ter "trintado" (expressäo gentilmente roubada da lívia) cagou com aquela capacidade de aprender tudo muito rápido e muito tranquilamente dos 18; além do que, tem gente - eu - que näo leva mesmo jeito pra coisa.

mais de um ano de drama auto-escola em münster
mas eu sou brasileira e pensei em desistir váááárias vezes  näo desisto nunca e tchâ-rammmmm: desde sexta-feira eu tenho uma carteira de motorista E sei dirigir...

dancinha de comemoraçäo, bitch!
... o que leva a saga - e esse texto - finalmente ao fim:

só precisei de apenas 15 meses, de apenas zilhöes de horas de auto-escola,
e de apenas alguns zilhöes de euros.

19 comentários:

  1. Ahhh... Da a maozinha aqui amigue! Puta merda, nunca pensei que aprender a dirigir fosse um martírio taaaaaaaaao horrivel! Lembra da minha saga?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. _o/ (bate!) muitíssimo me lembro, luana! ;)

      p.s.: nada além de peixe e passarinho era bicho de estimaçäo válido pros meus pais. por isso nem pensei duas vezes ao responder "cachorro" (eles näo podiam encrencar com o presente)

      Excluir
    2. p.s.: tô doida pra saber do final-final da tua saga

      Excluir
  2. E eu com TODA CERTEZA teria dito cachorro tb...

    ResponderExcluir
  3. HAHAHAHA me identifiquei... apesar de ter carteira desde os 18 (me dei de presente com meus primeiros salários), dirigi pouquíssimas vezes e participei de 3 incidentes (para nao falar acidente rs)... mas me prometi que vou criar vergonha na cara e vou fazer a alema assim que sair minha Niederlassungserlaubnis e antes de eu trintar... até me animei com seu relato!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkk... muito me admira que essa saga sem fim sirva pra animar alguém pra coisa. mas se é assim, ótimo! vou torcer pra você!

      Excluir
  4. yeeeeeyyyy!!! nós sofre mas se diverte! kkkkk PARABÉNS

    ResponderExcluir
  5. ai eu também teria respondido cachorro à pergunta da sua tia!!!!
    parabéns mulhé, da próxima vez vc que vai dirigindo do campingplatz até a próxima cidadezinha, quando a gente nao quiser andar de bike! :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu tô mesmo devendo a muita gente ser a "amiga da vez" ;)

      Excluir
  6. Que alívio senti ao ler esse texto: não estou sozinha no mundo com meu medinho de dirigir! Do ano que vem a minha carteira canadense não passa!
    =*
    Lidia.

    ResponderExcluir
  7. Eeeeehhh. Eu tentei fazuer a carteira 2x no Brasil, na primeira briguei com o instrutor que me chamou de afobada, neurotica e louca. Na segunda o outro instrutor me ofereceu pilantragem: se eu desse 300 reais (que na epoca era tipo 1 salario minimo), eu passaria na prova. Se nao desse, repetiria a prova no detran 3x ate pagar a taxa a ponto de completar os 300 mangos. Bom, desisti de novo e me mandei para ca. Agora com 33 aninhos e um namorido que também nao tem carteira, resolvi que eu tenho que aprender. Falta a coragem para gastar o equivalente a 3 passagens pro Brasil numa Fahrschule :(
    Como faz??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. mel, foi o zói da cara mesmo, viu?! mas ó... eu näo sei como é o esquema säo paulo, mas em recife você só aprende a passar na prova mesmo. por aqui, pelo menos os alemäes väo te ensinar a dirigir, mesmo. e no final vale a pena... ;)

      Excluir
  8. Mulher, parabéns! :)
    eu nem comecei a saga aqui em Milão ainda. tentei no Brasil e morria de medo de dirigir tbm. acho que aqui vai ser mais fácil-oremos! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. minha instrutora foi ótima, nely. ensinou tudo pacientemente desde o comecinho... acredito que vai ser assim aí pra tu também. oremos ;)

      Excluir
  9. Pegando o lado positivo do seu texto, ainda tenho 3 anos pra ver se tiro a minha....Depois de duas tentativas aqui no lindo pátio do Detran -PE e em ambas os carinhas disseram que acabou o tempo, torço pra que na terceira esse tempo suma do espaço e me deixa passar na prova! Parabéns pela sua carteira, Aninha! :))

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ahhh denise, mas se o problema foi só o tempo, foca na prática que as coisas melhoram. e boa sorte na próxima tentativa, menina!

      Excluir
  10. Nunca é tarde e conseguiste! Vergonha mesmo não ter ainda :P

    ResponderExcluir