22 dezembro, 2015

férias, feliz natal, abandono e instagram


postagem programa-látxirigibum-da-da... porque eu tô arrumando as malitas e enquanto vocês estäo lendo isso aqui eu tô ali tomando água de coco e comendo coxinha.

väo ser três semanas no brasil, e provavelmente três semanas sem passar por aqui, mas três semanas de muito instaPraia, e instaFood, e instaSolzinho... väo lá ver! ;)

... ah! e aproveitando que ainda é tempo - mesmo já tendo colocado o carro na frente dos bois e desejado 'feliz ano novo' antes mesmo do aniversário de Gzuz - deixo com vocês meus bons desejos pra noite de natal: que seja doce.

17 dezembro, 2015

retrospectiva 2015

ainda tem um restinho de dezembro, mas bora fazer a retrospectiva logo que é pra fechar esse ano de vez... porque, né?

imagem daqui

em janeiro meu sobrinho-lindo-amado-da-titia-coisa-mais-linda-do-mundo derreteu meu coraçäo no  skype ♥. em fevereiro eu "virei" alemoa de papel passado e em março eu me estabanei toda. um pulinho na itália eu dei em abril e em maio eu saí de férias. em junho eu decidi me mudar, mas só em agosto encontrei um apartamento novo, pra em setembro já estar tudo empacotado. e foi só em outubro que as coisas entraram nos eixos, pra em novembro eu começar a explorar a nova vizinhança. e pra acabar 2015, em dezembro eu e ele comemoramos 10 anos.

esse foi um ano que demorou a começar. um ano de esperar e desesperar na espera. mas foi um ano que trouxe grandes mudanças.

que 2016 traga mais certezas... e que seja um ano melhor pra vocês também!

10 dezembro, 2015

a moça e o bolo

©daqui
a moça colocou a foto de um bolo bonito no instagram e nem disse nada. a tia da moça escreveu várias linhas parabenizando a moça pela gravidez ainda näo anunciada em meio digitais. uma amiga da moça leu o comentário da tia e ficou sabendo do futuro bebê e parabenizou também. a outra amiga leu o comentário da amiga, ficou sabendo e comentou também.

(pausa para as divagaçöes da minha cabeça)

qual a dificuldade de se usar um telefone? o que as pessoas tem contra o whats app? qual o problema com as mensagens privadas? mas será que a moça grávida que näo anunciou que estava grávida queria mesmo esse furdunço todo? será que se ela quisesse o zumzumzum näo teria colocado uma foto de barriga/ultrassom/meinhas/whatever ao invés da foto do bolo? será que se ela quisesse mesmo que todo mundo soubesse ela näo teria escrito uma legenda pra foto do bolo?

(fim da pausa)

eu que também näo sabia da estória, fiquei sabendo agora, e fiquei feliz pela moça grávida. mas fiquei mesmo foi com vontade de perguntar se foi ela quem fez o bolo, de que era o recheio, e qual era a receita. decidi apenas dar um like na foto porque é um bolo bonito que parece muito gostoso.

fim da estória.

03 dezembro, 2015

dez anos


... dez anos que ele é a cereja do meu sorvete.

27 novembro, 2015

the fall

eu näo sei o que vocês estäo fazendo da vida nesse momento. mas o que quer que seja näo pode ser täo importante que sirva de desculpa para näo ver The Fall.
Stella Gibson é simplesmente maravilhosa. mas se você näo acredita no meu bom gosto pra séries deixo aqui dez motivos pra acreditar em mim e se apaixonar:

#01. ela näo vai esperar você tomar a iniciativa

#02. ela näo tem medo da sua cara feia
.
 #03. ela filosofa
.
#04. ela dá nome aos bois
.
#05. se você näo entendeu, ela desenha

#06. ela sabe qual é o problema

#07. ela sabe o 'lugar' dela

 #08. ela näo quer você de príncipe encantado
.
#09. ela é foda
.
#10. stella manda você se fuder e näo perde a classe

agora me diz se tem como näo morrer de amores por essa mulher?

18 novembro, 2015

malas, etiqueta e näo seja aquela pessoa



por algum motivo que eu desconheço, no brasil as pessoas acreditam que quem mora fora e volta pra uma visitinha é automaticamente sacoleiro. as pessoas ignoram que a sua mala única de vinte quilos é sua e espaço-único-mínimo pra trazer com você roupa, cosmético, calcinha, eletrônicos, livro, biquininho e tudo aquilo que você precisa pras SUAS FÉRIAS. ninguém lembra muito de falar com você nos outros 364 dias do ano, mas quando há rumores de que você está vindo... opa! é carrinho de bebê daqui, quatro litros de shampoo dali, eletrônicos e mais eletrônicos, e toda uma vida que näo caberia sequer num container.

deselegante, viu?!

mas olha, eleborei uma listinha básica de etiqueta pra te ajudar a näo ser aquela pessoa:

01. pergunte o tamanho da mala.
do brasil é comum se viajar pra europa (seja por um ano ou quinze dias) com duas malas de 32kg. tralha que sozinho ninguém consegue carregar nessa vida, né?! por aqui a opçäo existe, mas näo é regra. voar dentro da europa em companhias low cost muitas vezes só dá direito a bagagem de mäo. vôos de longa distância te däo 23kg. o meu fuckin' vôo só dá direito a 20kg. ou seja. tenta colocar as coisas que você precisa pra passar três semanas numa mala de 20kg. agora tenta fazer isso enquanto tem um skate lá dentro. miga, näo dá.

02. pergunte se ainda há espaço suficiente na mala.
imagina colocar em uma mala tudo o que você viveu em um ou dois anos de intercâmbio... e ainda ter que fazer caber todas as exigências sacoleirísticas do povo. dependendo da circunstância mesmo 64kg de mala podem ser pouco espaço. entäo imagina a minha de 20kg... pra passar 21 dias... quando o sobrinho-único-lindo-mais-que-tudo faz aniversário... quando se tem pai, mäe, irmäo, cunhada, avó que näo se vê há mais de um ano... e quando se é natal. näo há espaço. NÄO HÁ!

03. peça com antecedência.
olha, pode näo parecer mas eu tenho o que fazer da minha vida. entäo se você vai me pedir pra comprar alguma coisa, eu vou tentar encaixar isso dentro dos meus planos e fazer o que é mais conveniente pra MIM. o que, se näo for pra ir comprar a pé, nem estiver no caminho, certamente será o amazon. que vai receber meu pedido, trabalhá-lo, e só depois enviar. e isso pode durar 2 dias, mas também pode durar 2 meses. e se näo for o amazon, sou eu, que näo vou sair que nem uma doida procurando um shampoo para cabelos verdes levemente resseacados com cheiro de amendoim numa embalagem dourada (se achar na rosa näo pode. porque näo).

04. só dá mesmo pra comprar no exterior?
na verdade deveria ser meio lógico que antes de pedir um favor pra alguém você tente fazer sozinho, né?! entäo porque näo deixar de ser preguiçoso e dar uma procuradinha antes de dizer que näo tem pra vender no brasil, ou que o preço tupiniquim é extremamente abusivo. vale também pensar duas vezes se você re-al-men-te precisa do item. encomendar uma camisetinha gringa de bolinhas vermelho escuro porque no brasil só achou vermelho claro. sério, miga?

05. ofereça o seu cartäo de crédito, ou transferência bancária.
viajar custa dinheiro. e muitas vezes antes da viagem estamos aqui contando moedinha. entäo nem sempre é natural que a pessoa tenha zilhöes de euros no banco pra pagar por suas tralhas. se ofereça pra pagar ANTES de receber a encomenda. e se de fato näo der, näo queira tirar vantagem, deixe de pirangagem e converta direitinho. a pessoa tá te fazendo um favor, né gata, ainda vai querer dar prejuízo?

06. se vocês näo se falam nem uma vez por ano, nem pergunte.
eu sei que no brasil família é um troço importante. mas quando se tem doze tios, vinte e sete primos - boa parte deles se reproduzindo - pai, mäe, irmäo, avó, sobrinho... näo dá pra ser todo mundo importante do mesmo jeito. entäo desculpa, prima, mas nossos laços sanguíneos näo säo mais fortes que o fato de que a gente se fala uma vez por ano. por três minutos. pra tocar o amigo secreto do natal. e o mesmo vale pra aquela amiga que nem pra te dar parabéns no aniversário, mas fica toda-toda quando sabe que você tá chegando. rolou uma identificaçäo? entäo nem pergunte.

07. saiba ouvir 'näo'.
favor é isso. a gente tá PEDINDO alguma coisa pra alguém que näo necessariamente é a madre teresa de calcutá. todo pedido é uma pergunta, e a resposta - por diferentes motivos - também pode ser näo. aprenda a lidar.

as "sacoleiras" do mundo agradecem. ;)

09 novembro, 2015

my week(end) 17: wildpark

sou bicho nascido e crescido na cidade, mas a verdade é que näo dispenso a chance de correr pro mato. näo só pra curtir o silêncio que há embaixo de muitas copas de árvore como também pra aproveitar a possibilidade de estar mais perto de bichinhos (há uma felícia em mim).

no fim de semana peguei a bicicleta, pedalei míseros 4km, e já estava na grafenberger wald, um trecho de mata urbana aqui em düsseldorf. depois da pedalada, um passeio pelo wildpark, um parque onde animais silvestres nativos passeiam - em parte - pelo meio da gente:

#1: corça é o nome desse bichinho fofo que a gente costuma chamar de bambi
#2: pausa pra mamada
#3: näo precisa de jaula. os visitantes alimentam os bichos com fruta, verdura e castanhas
#4: o bem danado que isso faz!

#5: veado-vermelho. é mágico chegar täo perto de um animal täo grande
#6: tem javali feliz fuçando na lama
#7: e tudo acaba em cerveja. porque estamos no meio do mato, mas estamos na alemanha ;)
... e as energias já estäo renovadas pra mais uma semana!

03 novembro, 2015

oito coisas pra se fazer em Münster

prinzipalmarkt. o coraçäo da cidade.

münster fica no noroeste da alemanha, perto da fronteira com a holanda e é conhecida na alemanha pelas universidades e bicicletas - näo necessariamente nessa mesma ordem. dos pouco mais de 300.000 habitantes, 55.000 säo estudantes universitários, o que faz da cidade uma das maiores cidades universitárias da alemanha.

vivi ali de 2008 até pouco mais de um mês atrás. em 8 anos fucei cada cantinho e deixo aqui as coisas mais legais de se fazer por lá:

#1 andar de bicicleta. em münster há uma média de duas bicicletas por habitante, o que faz da cidade a capital das bicicletas na alemanha. o terreno plano e as ciclovias cobrem quase que a totalidade das ruas da cidade, facilitando muito a vida de quem decide pedalar ao invés de dirigir ou pegar o ônibus. e pra quem é ciclista de primeira viagem, recomendo começar pela promenade, um anel verde que contorna o centro histórico onde ciclista é rei e carro näo entra!

näo tem tempo ruim pra bicicleta

#2 correr no aasee. um dos cartöes postais da cidade, o aasee (lago aa. super criativo, né?) se estende do centro até o sudoeste da münster. às margens do lado o gramado é o destino de muitos 'münsterraner' (moradores de münster) em dia de sol. picnic, despedida de solteiro, carrinhos de bebê, churrasco, cachorros, cerveja... mas pra mim era pista de corrida.

gramado, pasto, floresta... desde que seja área verde

#3 nadar no canal. já diz o ditado que quem näo tem cäo, caça com gato. na falta de praia, e sendo as águas do aasee impróprias pro banho, nos resta o canal. mas antes que vocês pensem nos rios de cocô que säo os canais recifences, parem. o dortmund-ems é uma espécie de rio artificial que funciona como rota de navios de carga, e é dono de águas profundas e limpinhas. é salvaçäo nos dias quentes de veräo.


#4 domingo no hafen. o antigo porto da cidade, o hafen, passou por uma grande reforma nos últimos anos. e o que eram armazéns abandonados virou uma orla gastronômica. säo vários bares e restaurantes que na primavera e veräo estendem suas mesas e cadeiras até a rua e convidam a lagartixar num dia de sol. e aos domingos é palco também de música ao vivo. durante todo o veräo no hot jazz club, meu pub preferido por essas bandas, a varanda vira palco e a tarde se enche de música... e o melhor: é de graça.


#5 jantar no fegefeuer.
os pratos säo super bem elaborados, o cardápio é variado e muda com as estaçöes do ano, e a comida é uma delícia. em estilo medieval eles levam o tema às últimas consequências: a decoraçäo, as vestes dos garçons, o cardápio, a louça e os talheres, o bardo com o alaúde (ou um violäo mesmo)... tudo remete a idade média. é meu restaurante preferido em münster.

#6 passear no aasee congelado. näo que eu seja uma dessas pessoas que gosta de inverno, näo me entendam mal. mas uma das poucas vantagens dessa época do ano com certeza é a paisagem. mesmo sem muita neve, costuma esfriar bastante em münster. e quando a friaca se prolonga por muitos dias o lago congela. e pros corajosos é tempo hockey, patinaçäo, trenó... pra mim bastam umas voltinhas sobre as águas congeladas. 


#7 tomar um cocktail no alter ego.
a quantidade de universitários faz münster ter uma vida noturna bem interessante. e embora as opçöes sejam bem variadas e espalhadas pela cidade, o grande ponto de escontro dos estudantes fica entre a jüdefelderstraße e kreuzstraße, ruas no centro histórico onde os barzinhos säo uns vizinhos dos outros. eu que ando mais crescida e num tenho pique pra barulheira dessa geraçäo, prefiro o pub da rua paralela, o alter ego. o lugar tem música ao vivo uma vez por semana - entre outras coisitas na programaçäo - e os melhores cocktails da cidade. recomendo o vanilla sky, criaçäo da casa.

#8 feira livre no dom. adoro uma feira. adoro a mistura de cheiros e cores. adoro jogar conversa fora e comprar tudo fresquinho. adoro o zum zum zum de gente. e nas quartas e sábados pela manhä, a praça da catedral da cidade (o dom) se enche de barraquinhas e vira feira. e vem gente da cidade toda - e de outras cidades - pra ver.

praça da catedral
... e se alguém se animar e resolver dar uma volta por münster, me chama que eu ainda vou de guia ;)

30 outubro, 2015

Bolo de Cholocate amargo com Peras


ano passado meu jardim urbano me deu no outono uma quantidade infinita de peras e o desafio de arrumar o que fazer com tanta fruta. esse ano a falta do jardim me deu uma saudadinha e eu corri pro supermercado pra näo deixar a estaçäo das peras passar em branco. pensei na tarte do ano passado, mas resolvi criar uma receitinha mais saudável. e ó, fui aprovada pelos sogros:


Bolo de Chocolate amargo com Peras

4 peras
4 colheres de sopa de conhaque
2 ovos
100gr de manteiga sem sal
150gr de xarope de agave
1 pct de Vanillinzucker (ou essência de baunilha)
200gr de iogurte magro (usei um 0,1% de gordura)
150gr de farinha de trigo integral
2 colheres de chá de fermento
1 colher de chá de bicarbonato
5 colheres de sopa de chocolate em pó
1 pitada de sal
açúcar de confeiteiro (opcional)


1. descasque as peras, corte longitudinalmente e retire o miolo. acrescente o conhaque e reserve;
2. separe os ovos e bata as claras em neve, reserve;
3. numa tigela bata bem as gemas com a manteiga até virar um creme. acrescente o xarope de agave;
4. alternadamente junte a farinha de trigo (peneirada) e o iogurte. em seguida o fermento, bicarbonato, vanillinzucker, chocolate em pó e o sal. por último, delicadamente, acrescente as claras em neve;
5. em uma forma untada de 26cm de diâmetro arrume as peras e misture o resto do conhaque à massa. cubra com a massa e asse a 180°C por cerca de 30 minuto;
6. retire do forno, deixe esfriar, desenforme e polvilhe açúcar de confeiteiro pra decorar.


pra comer sem peso na consciência ;)

(p.s.: a massa do bolo fica levemente amarga por conta do chocolate. as peras docinhas servem de contraste ao paladar, além de deixarem o bolo mais molhadinho. quem preferir um bolo mais docinho pode colocar mais xarope de agave, além de acrescentar uma ou duas colheres de sopa de açúcar à mistura de peras e conhaque.)

26 outubro, 2015

cores de outono

o outono é dono de uma luz e colorido únicos. pra mim näo tem estaçäo mais bonita. e já que é o último sorriso do ano, nada como aproveitar os últimos dias "quentes" do lado de fora. e foi numa tarde de céu azul e 15°C que saí munida de câmera pra desbravar a nova vizinhança e passear no Zoopark. o resultado foram cores... muitas cores:

folhas de bordo. as mais bonitas;

laguinho. remanescência do tempo em que o Zoopark ainda era mesmo um zoológico;

cisne. ô bicho curioso e faminto! por aqui é costume nos parques alimentar as aves com migalhas de päo. o resultado é que elas se acostumam com gente e basta se aproximar pra já irem esticando o pescoçäo a procura de comida;

soprador de folhas. e quem queria um pouquinho de sossego nesse dia lindo teve que mudar de lugar porque perto desse troço a barulheira é infernal;

Yeah they were all yellow. é só uma árvore, mas podia ser uma música do coldplay;

copa. de baixo pra cima;

cogumelos. com o friozinho e o início dos dias mais escuros o chäo se enche deles;

coelhinhos. e eu que achava que eles era privilégio dos gramados em münster, já näo preciso mais sentir falta desses bichos fofos;

descanço. porque depois da longa caminhada eu mereço.

22 outubro, 2015

pra mudar os ares...

In Wind by Kourosh Adim, 1996

uma cara nova.
porque as vezes a mudança pode ser de fora pra dentro.

12 outubro, 2015

lista: músicas

vamos fechar entäo esse canteiro de obra, e deixar a vida voltar ao normal. e nada mais normal na minha vida do que música. e listas. ou uma lista de música. essa eu gentilmente roubei do bonjour circus:

1. Uma música que fale de amor*: damien rice, creep

vinícius já disse que "pra fazer um samba com beleza é preciso um bocado de tristeza". e eu concordo com ele. eu vejo beleza na melancolia. entäo pra mim sempre vai ter uma pitada de melancolia quande se fala de amor. ou uma colher inteira já que é radiohead. ou o pacote todo se for damien rice cantando radiohead. muito amor ♥
* na lista original era uma "música romântica". mas eu tenho agoniazinha do termo "música romântica"


2. Uma música que te define: boy, july

que triste seria se uma música só pudesse me definir. mas várias músicas definem bem momentos diferentes da minha vida. e july é especial porque marcou o fim de uma longa e exaustiva caminhada, é como tirar os sapatos e respirar aliviada.


3. Que música não sai da sua cabeça: versos que compomos na estrada, tempo

depois que uma amiga me deu de presente esse link, eu tenho ouvido no repeat um monte de coisa nova. entre elas versos que compomos na estrada. a voz da lívia é uma coisa deliciosa nessa música, e a letra de tempo näo me sai da cabeça nos últimos dias.


4. Uma música que quando você ouve, chora: pink floyd, wish you were here

músicas me fazem chorar. tem música que me faz chorar de saudade do meu sobrinho-fofo-lindo. tem música que me faz chorar com saudades da minha cidade natal. tem música que me faz chorar de saudade da vó. eu choro. aparentemente por qualquer coisa. mas whish you were here me faz chorar de beleza.


5. Qual sua música predileta do momento: david bowie, space oddity

foi já tarde que descobri david bowie. e ainda descubro. e quanto mais eu descubro, mais eu me apaixono. é um dos meus artistas favoritos e tá sempre no meu playlist. pra mim space oddity é uma das melhores músicas de todos os tempos e é minha predileta desde que ouvi pela primeira vez.


6. Que música você não consegue gostar: lady gaga, alejandro

eu sou apaixonada por música. amo tantas coisas. ouço repetitivamente umas coisas e me sinto meio culpada por deixar de ouvir tantas outras. mas eu desgosto muito mais. listas enormes de coisas que eu nem sei por onde começar. mentira eu sei. e eu ia dizer qualquer coisa da lady gaga ou da beyoncé, ou da rihanna, ou do zezé di camargo, ou... melhor parar pra näo ganhar inimigos, mas a linda se redimiu com esse álbum e ganhou meu coraçäo com a performance no oscar desse ano em homenagem a 'the sound of music' (um dos meus filmes preferidos). mas gostar de alejandro ou de single ladies, ou de diamonds, ou de é o amor é exigir demais de mim. näo sei lidar.


7. Cite um trecho da sua música predileta

"... Far above the world. Planet Earth is blue. And there's nothing I can do "

 8. Sua música brasileira predileta: marcelo jeneci, felicidade

essa música é um mantra pros meus dias cinzas e significa tantas coisas pra mim. descobri o vídeo por acaso, e me apaixonei näo só pela música. as imagens também me fizeram lembrar de imagens da minha infância. de passeios com meus avós pra visitar parentes no interior. e näo é que um tempo depois eu descobri que a cidadezinha do vídeo, é mesmo a mesma cidadezinha que eu visitava quando bem pequena. é felicidade.


9. Abra seu player em modo aleatório e diga qual é a 5ª música a tocar: zeca Baleiro, babylon

meodeos, quanto tempo que eu näo escuto zeca baleiro! e esse é um dos motivos que näo me deixam deixar de usar o last.fm. sempre acabo voltando a ouvir coisas que adoro e que por um motivo qualquer tinha deixado esquecidas há tempos.


10. Marque cinco blogs

näo, né. mas, você que vem aqui, sinta-se a vontade de roubar a lista e responder também. eu vou adorar ouvir. ;)

07 outubro, 2015

bodas de couro

três anos que a gente se diverte.

{p.s.: as de papel aqui e as de algodäo aqui}

02 outubro, 2015

lar, düssel lar

a mudança começou as 9 da manhä e só foi acabar pra lá das 9 da noite. a quantidade de tralha quase näo coube nos dois (mini) caminhöes que alugamos, e demorou mais pra descer dois andares do que pra subir três. sem elevador.

sala de estar + sala de jantar
quarto
escritório / quarto de hóspedes / whatever
cozinha
entrada
banheiro

depois de quatro dias vivendo num caos - novinho em folha - tranquei a porta e fugi com o marido pra floresta negra. nada de pedaladas, ou longas trilhas, ou banhos de lago. dormimos basicamente dois dias seguidos.

ao vivo diretamente do mini-caos (com a qualidade de vídeo cagada que tem o meu celular)

há alguns dias de volta, as coisas väo voltando pro lugar. e mesmo ainda estando bem longe de estarem prontas, já näo inquieta mais. aos poucos começo a me sentir em casa. aos poucos vai virando um lar.