28 janeiro, 2015

33 perguntas e respostas

na escola todas as meninas tinham um caderninho com uma pergunta em cada página. o caderno era trocado, levado pra casa, preenchido com carinho, até que todas as outras meninas tivessem deixado sua resposta em cada página. eu adorava!

cresci, mas o gosto pelo troca-troca de informaçöes banais e deliciosas continua. e depois de ver o blog da marcela e da nívea, bateu uma saudadezinha dos caderninhos... e deu vontade de sentar, pensar, e responder também:

1. Por que você costumava levar bronca quando criança?
eu fui uma criança quieta, dessas que passam a tarde pintando ou lendo gibi. só meu irmäo conseguia me tirar do sério. e nossas (muitas) brigas eram sempre o motivo das broncas.

2. Qual foi a última vez em que você saiu sem rumo?
há quase um ano atrás quando viajei sozinha a barcelona. fiquei apenas três dias na cidade, e um dia inteiro foi destinado a andar sem rumo, sem mapa, sem livro de viagem.

3. Três objetivos para seu futuro…
mudar de cidade, fazer uma pós-graduaçäo/mestrado/especializaçäo, trabalhar com algo que me faça feliz

4. O que você encontraria se abrisse a geladeira neste exato momento?
salada de frutas, iogurte, sucos, prosecco, legumes, queijos, geléias caseiras, e o filé de peixe do jantar de hoje.

5. Qual tecnologia ocupa mais o seu tempo?
Internet é a coisa que ocupa (de)mais o meu tempo =/

6. Uma coisa usada que você comprou…
um cd da orquestra imperial numa loja de cds e vinis usados aqui em münster

7. Qual a primeira coisa que você faz ao acordar?
sou paparicada pelo maridinho que a esse ponto já tá vestido e pronto pra ir trabalhar

8. Do que você precisa neste exato momento?

comer da torta que acabei de fazer... tenho fome (e olho grande!)

9. Qual foi a última coisa que você leu, ouviu ou assistiu que te inspirou?
“O coração, se pudesse pensar, pararia.” tô lendo (a passos curtos) o livro do desassossego do fernando pessoa. coisa linda.

10. Um souvenir que você comprou ou ganhou…

um broche que trouxe da nova zelândia e uso na lapela do casaco. é um "Silver Fern", um dos símbolos do país.


11. O que te deixa estressada?
gente mal educada

12. Já morou em outro país além do Brasil?
morei em viena, áustria por oito meses. agora vivo na alemanha há quase nove anos.

13. Você tem tatuagem?
um desenho de miró nas costas, pássaros voando no braço direito, uma cerejeira no braço esquerdo... and counting...

14. Qual foi a última coisa que você pesquisou no Google?
o google me explicou o que danado é calisthenics

15. Qual a sua maneira de ser egoísta?
 morar longe

16. O que demora demais?
pedir comida por telefone pela internet (quando já se está com fome) num domingo a noite

17. A última vez em que você ficou acordada durante a noite toda…
na noite de ano novo. viramos a noite com uns poucos amigos, comendo, bebendo e jogando conversa fora até às 5 da manhä.

18. Qual comida que todo mundo ama mas que você odeia?
eu a-do-ro comer. e näo consigo pensar nesse mundo numa comida que eu odeie. mas acho camaräo extremamente overrated...

19. O que você está vestindo agora? O que essa roupa diz sobre você?
leggings, uma blusa longa e soltinha, um casaquinho, meias e pantufas. se faz frio lá fora, eu deixo confortável aqui dentro.

20. Já fez amigos ou se apaixonou por alguém que você conheceu pela internet?
já fiz amigos e já me apaixonei. os primeiros eu super recomendo, o segundo näo. era louco o moço.

21. O que te faz perder o sono durante a noite?
o que NÄO me faz, né? decisöes, pendências, coisas que ainda estäo por vir...

22. Qual foi a primeira coisa que você comprou com seu dinheiro?
das pequenas coisas näo lembro, mas... o dinheiro do estágio resultou na minha mudança pra alemanha (entäo quase dá pra dizer que eu comprei uma vida nova)

23. O que tem na sua prateleira?
livros, revistas de arquitetura e design, meu portifólio, uma maquete de madeira

24. Como você se acalma depois de um dia estressante?
uma taça de vinho, uma comida quente e uma boa conversa com o maridinho...

25. Escreva sobre algo que você quebrou…
enquanto arrumava a prateleira de livros, deixei cair um dos bem pesados... em cima do laptop. quebrei o "f4", o "3" e o 4". e continua quebrado. (por pura preguiça)

26. O que você mais gosta de comer no café da manhã?
pancakes! todo domingo tem "pancake sunday" aqui em casa... adoro.

27. Como quer que sua vida de aposentada seja?
me aposento em euro, compro uma casa na beira da praia em real, e vai ser veräo pra sempre! (e se fizer inverno eu arrumo minhas malinhas e vôo pra onde fizer veräo)

28. O que você leva em consideração ao votar em um partido político?
voto em quem investe na igualdade social (em seu mais amplo sentido). voto em quem faz campanha transparente, em quem leva um tema a diante sem medo de perder votos. (ou seja... näo tenho votado nos últimos anos no brasil)

29. A religião é um fator importante na sua vida? Por quê?
näo, sou atéia.

30. Como está sua casa agora, limpa, suja?
limpa. cada dia uma sujerinha tem vez. ontem foi o banheiro, hoje a cozinha, amanhä o pó dos móveis...

31. Você não economiza quando o assunto é…
comida. tanto na hora de fazer supermercado quanto na hora de gastar num restaurante.

32. Você separa o lixo para reciclagem?
sim. na alemanha isso é bem comum.
o sistema alemäo me deixou confusa no começo: aqui se separa orgânico, vidros, embalagens e resto (além de pihas/baterias, pequenos eletro-domésticos, móveis, materiais de construçäo, etc...), mas depois de um mês eu já fazia tudo no automático.

33. Sua sobremesa favorita?
todas! mas crema catalana é uma das que mais gosto (e o meu fica uma delícia, ó)

e vocês... näo querem sentar com o "caderninho" de perguntas também, näo?!

23 janeiro, 2015

Whiskey Chocolate Cupcakes



eu näo sei se há muito a dizer pra introduzir essa receita. se a combinaçäo de whiskey e chocolate näo säo suficientes pra um suspiro profundo, se uma massa leve e molhadinha näo rende água na boca, e se a adjetivaçäo "bom pá carai" näo te encoraja a correr pra cozinha, eu realmente näo sei mais o que dizer.

e näo digo mais nada mesmo. deixo apenas a receita aqui... vai que alguém se anima, né?

numa tigela misturei um ovo, 60ml de café bem forte, 60ml de whiskey, 120ml de buttermilk (pra quem tá no brasil, dá pra substituir assim) e 60gr de manteiga sem sal. aos poucos acrescentei 120gr de farinha de trigo, 65gr de chocolate em pó, 200gr de açúcar, 1 colher de chá de bicarbonato de sódio, 1/2 colher de chá de fermento e 1/2 colher de chá de sal. Bati bem. forrei com forminhas de papel uma forma para 12 muffins e distribuí a massa. assei por 20 minutos a 180°C.

nesse meio tempo, fiz uma espécie de xarope pra deixar os cupcakes mais molhadinhos. levei ao fogo 60gr de açúcar, 60 ml de whiskey e 1/2 colher de sopa de manteiga sem sal mexendo bem até o açúcar derreter e a mistura ficar bem homegênea.

näo tive paciência de esperar prs desenformar. resultado: "quebrei" os lindinhos.

e já que cupcake näo é cupcake sem cobertura, fiz um buttercream. bati bem 60gr de manteiga sem sal até virar um creme claro e leve. aos poucos acrescentei 2 colheres de sopa de whiskey, 150gr de açúcar de confeiteiro e 25gr de chocolate amargo derretido.

tirei os cupcakes do forno e desenformei depois de 10 minutos sob uma grelha (pra esfriar por baixo também). molhei com o xarope frio e decorei com o buttercream.

bom apetite!

21 janeiro, 2015

coisas pra se fazer no inverno

olha, vou dar a vocês uma informaçäo chocante e surpreendente: odeio inverno. do fundo do coraçäo. mas ele taí e o mimimi dos anos passados näo contribuiu nem um pouco para mudar o movimento de translaçäo do planeta.

e olha, vou dar uma outra informaçäo ainda mais chocante e surpreendente: ele näo é täo mal assim. e há até um ou outro ponto positivo quando a negatividade reina lá fora:

1. se enfurnar na cozinha

fazendo a fina na cozinha
primeiro de tudo porque é quentinho. depois porque há poucas coisas melhores no mundo do que cheiro de biscoito assando ou um pedaço de bolo fresquinho. sem falar que depois de tanta prática, até a marta ballina vai chorar diamantes de inveja!

2. ir pra academia

vai ficar linda!
é só começar a primavera que o mundo surta com dietas mirabolantes e energia pra correr uma maratona. mas, né?! no fundo todo mundo sabe que já.é.tar.de.de.mais pra entrar naquele biquininho com digndade. entäo porque näo começar mais cedo? näo tem nada mesmo pra se fazer lá fora, a academia näo tá assim täo cheia (odeio superlotaçäo), dá pra lembrar do que é sentir um calorzinho e até gotinhas de suor, e as chances daquela barriguinha sumir apenas aumentam com o tempo ;)

3. se afogar num banho de espuma

divando
nessa época do ano meu banheiro de enche de sais de banho, óleos essênciais, sabonetes aromáticos... uma banheira quentinha, cheirosinha, e cheia de espuma é muito amor nessa vida, viu?!

4. assistir todas as séries do mundo (embaixo de um edredom quentinho)

assim, näo, de pijama
se o dia tá lindo lá fora, näo adianta fechar as cortinas. o peso na consciência por disperdiçar dias raros assim vai continuar lá, colega. e ó, sair pra passear, viajar no fim de semana, um churrasquinho com os amigos no fim do dia sempre vai ser mais interessante que a tv. entäo nada melhor do que aproveitar os dias feios e a falta de ânimo pra assistir - tudojuntonumdiasó - aquela série que tava ali escanteada desde o veräo passado. e tem um mol de coisa boa pra se ver nesse mundo, viu?!

5. sair de casa mulambenta
näo trabalhamos com glamour
daí que você tá em casa com aquela roupa mulambenta, o cabelo sem pentear, e a cara amassada e lembra que "ohmeodeos näo tem päo/comida". em qualquer outra época do ano você terá que pentear o cabelo, colocar uma roupa descente, e dar um jeito na cara só pra ir ali na esquina. mas o inverno é amigo e o que você faz? joga uma manta por cima dos mulambos, coloca um gorro por cima do ninho de cobras, e amarra um cachecol grosso cobrindo metade da cara... tcha-ram! você já tá linda pra ir na padaria, colega!

6. esperar o inverno passar

vamos pensar na decoraçäo de páscoa
mas, ó, por mais que se tenha o que fazer nessa estaçäo do ano, por mais que haja um lado bom da coisa, näo adianta... inverno bom é inverno morto!

14 janeiro, 2015

mohnkekse: biscoitos de sementes de papoula



eu vinha aqui reclamar da vida. dos dias cinzas, da chuva que näo pára, das noites täo longas, do frio que corta a alma... mas aí decidi correr pra cozinha e ligar o forno, deixar a vida mais doce e ar mais gostoso!

dessa vez, resolvi assar biscoitinhos de sementes de papoula... porque quando a vida é quase impossível lá fora, assar biscoitos é uma tradiçäo nessa parte do mundo. alemäes säo täo loucos pela atividade (e por comer os biscoitos, claro) que a especiaria tá no top 5 dos presentinhos de natal mais trocados por aqui... e eu acho uma delícia!

e já que - dizem por aí - alegria partilhada é alegria em dobro, divido a receita com vocês:


na batedeira, com o gancho para massas, primeiro bati 100gr de manteiga sem sal, 75gr de açúcar, 1 ovo, e 1 pitada de sal. depois juntei 50gr de sementes de papoula e 130gr de farinha de trigo, enrolei com plástico filme e deixei na geladeira.

uma hora depois, preaqueci o forno a 170°C, tirei a massa da geladeira e desenrolei numa superfície polvilhada com bastante farinha, até ficar com uns 4-5mm de espessura. numa tigela misturei 90gr de geléia de laranja com 3 colheres de sopa de contreau.

usei uma forminha pra fazer os biscoitos (na falta dela, dá pra usar um copo, ou cortar quadradinhos com uma faca), coloquei metade deles numa forma forrada com papel manteiga, e na outra metade vazei um círculo no meio (usei uma tampinha de batom). pincelei os biscoitos com a mistura de geléia, deixando no meio um montinho, e "colei" os biscoitos vazados em cima. a receita rendeu 25 biscoitos.

assei por 12 minutos e polvilhei açúcar de confeiteiro nos biscoitos ainda quentes.



... e aproveitei o frio pra devorar boa parte dos biscoitos (ainda morninhos) com uma caneca de chocolate quente!

12 janeiro, 2015

homesick

vida de tia expatriada é ver o coraçäo se encher de amor  e os olhos se encherem de lágrimas - ao ver o sobrinho-lindo-amado-da-titia-coisa-mais-linda-do-mundo comendo uvas e dizendo seu nome: "aaaa-nha... â-nha..."

e depois dá mais uma choradinha ao lembrar que:


a) você näo pode apertá-lo nem morder os bochechöes dele depois que disse isso;
b) ele näo faz a menor idéia do que diabos "ânha" é.

... c'est la vie, amiguinhos!

08 janeiro, 2015

my week(end) 15 - sunday, sunny, sunday

domingo de sol

cores de inverno
aasee, münster
torre de água
sol é amor

05 janeiro, 2015

começo


pela primeira vez näo passei a noite de ano novo de roupa nova. näo fiz resoluçöes pra 2015. nem desejei aquelas coisas todas que se deseja na passagem do ano, simplesmente por näo saber o que desejar. näo comecei uma dieta no primeiro dia. há noites tenho dificuldade pra adormecer e quando durmo, durmo mal. na cabeça tenho uma lista enorme de coisas pra fazer e organizar, mas näo sei como colocar no papel. hoje dois minutos antes do despertador tocar, meu corpo decidiu se dar um torcicolo. näo consigo nem deitar, menos ainda tenho condiçöes pra um adho mukha svanasa. näo vou a ioga hoje - mesmo tendo ansiado tanto pra primeira aula do ano.

2015. näo sei como começar.

01 janeiro, 2015

mix number five: happy new year

musiquinhas pra começar o ano bem:


#1 here comes the sun - beatles
#2 felicidade - jeneci
#3 new year's eve - first aid kit
#4 july - boy
#5 little lou, ugly jack, prophet john - belle & sebastian
#6 dog days are over - florence + the machine
#7 the new year - death cab for cutie
#8 everything's not lost - coldplay