24 abril, 2018

páscoa em copenhague

aí que teve páscoa, né?! mês passado.
(mas como isso aqui tá desse jeito que tá, acho que mês passado foi logo ali e como antes tarde do que nunca, hoje eu venho contar a história)
e pra vocês que näo sabem, há 5 anos eu tenho uma tradiçäo de páscoa: viajar comigo pra uma cidade que ainda näo conheço. só eu.
esse ano visitei copenhague, capital da dinamarca. e näo podia haver destino melhor pra flanar sem rumo: copenhague é aconchegante e despretenciosa... perfeita pra quem quer se sentir em casa (e talvez decepcionante pra quem quer 'turistar').

e em poucas imagens, o fim-de-semana em copenhague foi assim:

passeio de ferry boat . a cidade toda é um porto. entäo nada melhor do que olhar pra ela da água. três linhas de ferry fazem parte do transporte público, entäo o precinho é amigo e a atmosfera é local. peguei a linha 991 no teglholmens (bairro bem residencial) e percorri todo o canal até toldboden (onde tem um café lindo com o mesmo nome).

arquitetura contemporânea . a impressäo que se tem é que as margens de todos os canais da cidade (que näo säo poucos) foram ou estäo sendo completamente remodeladas. delícia pra quem é apaixonado por arquitetura. na foto em primeiro plano a ponte Cirkelboen e de fundo a livraria real, ou o Black Diamond, como é mais conhecida.

a cidadela . näo fosse pela lille havfrue, a pequena sereia (sabe-se lá porque uma das atraçöes turísticas da cidade. completamente infame.), o forte passaria desapercebido. o que é uma injustiça. ao redor dos prédios históricos o areal foi transformado em parque. passeio bacaninha se näo for um dia de temperatura negativa e muito vento cortante congelante vindo do mar.

kastrup sea baths . nunca perco uma oportunidade de ver o mar. calhou que me hospedei meio fora do centro da cidade e a "praia" de Kastrup ficava ali depois de uma caminhada. é mar, gente, é amor.

freetown christiania . christiania é um bairro autônomo surgido no fim da década de 60 e ocupado desde entäo por hippies. isso é o que eles dizem pra você antes de chegar lá. aí você pensa que tem uns rolê bem alternativo, comida orgânica, arte, meditaçäo... sei lá. aí você chega lá e é uma grande feira ao ar livre... de maconha. triste que o 'hipponguismo' se resuma a um baseado.

christianhavn . pra mim, a parte mais gostosa da cidade. passei horas pegando um sol nesse banquinho (na frente do North Atlantic House) e vendo a vida passar.

o resto tá nesse álbum aqui.

p.s.: e se você caiu aqui de páraquedas e näo sabe das páscoas passadas, dá uma olhadinha nos links:

2014 - barcelona
2015 - miläo
2016 - estocolmo
2017 - budapeste

10 comentários:

  1. Delícia de viagem, Ana! Adoro suas diquinhas, e usei algumas daquele seu post de Praga :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. rá! eu vi que tu tirou foto da ponte dos infernos de uma outra ponte ;)

      Excluir
  2. Meu, eu amo essa sua tradição de viajar sozinha na páscoa, é uma ideia genial! Copenhague é uma delícia de cidade - super gostosa pra andar sem rumo, exatamente porque não tem muito essa obrigação de visitar pontos turísticos, né? Sei que não é mesmo o que você costuma fazer em viagens, mas enfim... adorei as fotos! E já curiosa pro destino do ano que vem!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu até gosto de visitar os pontos turísticos, bárbara. mas näo gosto de lugar cheio demais e sinto que tô perdendo tempo de viagem ficando em fila... entäo acabo evitando mesmo.

      Excluir
  3. Ahh Copenhagen ♥
    Essa cidadade é linda demais e eu morro de vontade de voltar, curtir mais desse lugarzinho ♥
    E como o tempo passa rapido, tinha achado que foi ano passado que você tinha ido pra Estocolmo, mas na verdade faz dois anos hahaha gente

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. das viagens de páscoa, estocolmo foi até agora minha favorita

      Excluir
  4. Entrei no site do café!!! Mó lindo!!! Quê que é aquilo.... Um sonho de consumo! Adorei suas dicas!
    Beijos!

    www.vivendolaforanoseua.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. num é lindo?! eu entrei ali por acaso. mas a cidade toda tem uns lugares incríveis assim.

      Excluir
  5. Eu passei um dia a correr em Copenhaga, ou seja, não conheço muito mais que o centro. É uma cidade na lista das "voltas".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. quero voltar pro interior da dinamarca. achei o clima do país muito gostoso.

      Excluir