16 abril, 2019

porque eu adoro o meu trabalho...

uma estória curtinha:

A. e M. säo dois meninos de 5 anos

A.: Ana, Ana, Ana, é verdade que meu pai colocou o pênis dele na vagina da minha mäe. e assim eles fizeram um bebê. e o bebê era eu?
Eu: é verdade, A.
A.: tá vendo, M.?!?!?! o que foi que eu falei? teu pai também colocou o pênis dele na vagina da tua mäe.

simples assim. acabou a estória. aprendam pais.

05 abril, 2019

plastic free?!


alimentar o bichinho da sustentabilidade é criar um monstro, meine Damen und Herren. eis que eu estava no supermercado e a epifania veio em forma de ataque de pânico: näo dá pra comprar porra nenhuma que näo venha embalado em plástico. PORRA-NENHUMA. nem a PORRA de um pepino. (foi uma epifania... perdoem o caps)

aí você percebe que procurar microsplástico em microproduto ou usar uns negocinhos menos cheios de química  näo väo dar lá muito resultado. porque tá tudo embalado em plástico. e os golfinhos väo comer essa PORRA.


entäo. criei um monstro. e tô tentando resolver. só que num dá pra resolver de uma hora pra outra. afinal, jogar fora os potinhos plásticos que eu já possuo só vai "alimentar" mais tartarugas. entäo calma. que eu tô resolvendo imperfeitamente.

e meus primeiros passos pra uma vida sem (ou pelo menos com menos) plástico foram esses:

- pra comprar frutas e verduras, troquei o supermercado pela quitanda;

- troquei sabonete e shampoo líquidos por barras (o sabonete é da Alverde e encontro na DM e o shampoo é da Saling e encontro nas lojas da Alnatura);

- costurei meus próprios pads pra limpeza da pele, entäo nada de jogar fora, é só usar, lavar e usar de novo (da pra comprar na Alnatura também);

- troquei a escova de dentes plástica por uma de madeira (também Alverde);

- aprendi a fazer minha própia pasta de dente;

- troquei os saquinhos de lenço de papel por caixas de papeläo;

- dou preferência aos cosméticos em embalagens de vidro (os produtos da 'the ordinary' säo veganos e vem em sua maioria embalados em vidrinhos);

- dou preferêncoa a maquiagem em embalagens de vidro (taí uma missäo quase impossível. mas achei o iluminador da "the body shop" e o delineador em gel da "sante");

- fora isso, carrego há anos uma bolsa de algodäo na bolsa. entäo dispenso a sacola na hora de fazer supermercado, comprar roupas ou qualquer outro cacareco;

- penso em marie kondo toda vez que vou comprar alguma coisa. esse cacareco vai mesmo "sparkling joy" na minha vida. ou vai virar lixo logo menos?;

- e entre otras cositas... evito, né?! qualquer coisa embalada em plástico. quando dá.

porquer ainda é imperfeito, mas é um processo. e por isso aceito correçöes e sugestöes.
e vocês, alimentam um bichinho da sustentabilidade?